PL, PP e Republicanos são as siglas que mais ganharam deputados federais na janela partidária/ A Tribuna Ba

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente Jair Bolsonaro — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo
O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente Jair Bolsonaro — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Por g1

Com o fim da janela partidária de 2022 na sexta-feira (1), o bloco dos partidos governistas terminou como o grupo partidário que registrou a entrada de mais deputados. Ao todo, PL, Republicanos e PP trouxeram para seus quadros 56 deputados.

O maior angariador de parlamentares é justamente o PL, puxado pela filiação de Bolsonaro em novembro do ano passado. Foram 33 cadeiras adicionadas desde o dia 3 de março, quando a janela começou. Agora, a nova sigla do presidente possui a maior bancada da Casa com 75 nomes.

Pela lei, deputados federais só podem trocar de partido sem perderem o mandato durante a janela partidária – fora desse período, é preciso que o político entre com um processo para se desincompatibilizar e manter o cargo ao ir para um outro partido. Os apoiadores de Bolsonaro esperaram o início deste intervalo para migrar ao PL.

O movimento ocorreu também em outros partidos que integram o Centrão, como o Republicanos, do vice-presidente Hamilton Mourão, que assinou a ficha de filiação no dia 16 de março. Na esteira da entrada do general, 15 congressistas ingressaram na legenda, enquanto cinco saíram – com balanço final de 43 representantes.

Já o PP, do ministro da Casa Civil Ciro Nogueira, alavancou sua bancada da 4ª força na Câmara dos Deputados para a 2ª maior – atrás somente do PP de Bolsonaro, ao somar mais 13 integrantes e chegar a 56 parlamentares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Veja quem são os governadores que deixaram o mandato para disputar outro cargo nas eleições 2022/A Tribuna Ba

ter abr 5 , 2022
Eduardo Leite e João Doria disputam candidatura à Presidência pelo PSDB, enquanto Camilo Santana, Flávio Dino, Renan Filho e Wellington Dias buscarão uma vaga ao Senado Um grupo de seis governadores deixou seus mandatos para concorrer nas eleições de outubro. O prazo limite para desligamento dos cargos é neste sábado (2) e todos estão aptos ao pleito. A maioria estava […]

CBN AO VIVO

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter