Presos com mais de 2 toneladas de Cocaína em Veleiro são moradores de Trancoso e Alcobaça. Veja aqui na Tribuna

Veleiro carregado de Cocaína é apreendido pela Polícia Federal no Recife

Com informações da Marinha do Brasil — A Marinha do Brasil (MB) e a Polícia Federal (PF) informam que, em coordenação com o Centro de Análise e Operações Marítimas – Narcótico (MAOC-N), sediado em Lisboa, Portugal, o Drug Enforcement Administration (DEA/EUA) e o National Crime Agency (NCA/Reino Unido), interceptaram, neste domingo (14), uma embarcação carregada com cocaína em águas jurisdicionais brasileiras.
_____________________PUBLICIDADE____________________
Pode ser uma imagem de comida e texto que diz "Promoções Imperdíveis Dajuda EXTRATO DE TOMATE Concentrado SÁBAO MULTI-USO TEiÚ Super ALCEVERA Sabão Teiú 200g R$1,09 Extrato de Tomate D' D'ajuda ajuda vTUy R$2,29 Stella Milho Milho Verde Stella D' D'oro Claubom Nova 170g Margarina Claybom R$2,19 R$2,29 Comercial Rafa Rua Lomanto Júnior, 264 Jaqueira Itamaraju/Ba (73)3294-7769"

 

A operação é decorrente da troca de informações entre as agências, com a identificação do transporte de grande quantidade de cocaína em um veleiro catamarã que teria partido do Brasil com destino a Europa.

As ações envolveram pessoal e material da PF e da MB, com o emprego do Navio-Patrulha Oceânico (NPaOc) Araguari, que realizou a interceptação e apreensão da embarcação a cerca de 270 quilômetros da costa de Recife. No interior da embarcação, foram presos cinco tripulantes brasileiros, que serão conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Estado de Pernambuco para os procedimentos de Polícia Judiciária.

Operação da PF contou com a ajuda do Navio-Patrulha Oceânico da Marinha

Visando a resguardar a materialidade delitiva, a embarcação que carregava os entorpecentes está sendo conduzida pelo NPaOc “Araguari”, com o auxílio de policiais federais do Grupo de Pronta Intervenção (GPI), que participaram desde o início das ações.

Trata-se de operação relevante, com a utilização, pela Marinha do Brasil, de um Navio Patrulha Oceânico para ação conjunta com a Polícia Federal na interceptação de embarcações utilizadas para o narcotráfico.

Veleiro interceptado pela Marinha do Brasil.

A ocorrência reforça diretrizes dos órgãos responsáveis pelo combate a crimes transnacionais no País quanto à mútua cooperação e troca de informações com outras instituições internacionais, visando à identificação de grandes organizações criminosas que atuam no Brasil.

O evento também realça a efetividade e a importância no aprimoramento do Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul, cuja missão de monitorar e controlar os 5,7 milhões de quilômetros quadrados das águas jurisdicionais brasileiras requer intensa e contínua integração.

Após os procedimentos de Polícia Judiciária serão apresentados os dados finais da operação, sobretudo a quantidade de entorpecentes apreendido.

Cinco tripulantes brasileiros foram presos e conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal no Estado de Pernambuco dois deles são residentes em Trancoso-Distrito de Porto Seguro e o restante de Alcobaça
Por: Tarcizo Diamantino/ Porto Brasil-Porto Seguro
Pode ser uma imagem de corpo d'água
A Polícia Federal, em atuação conjunta com a Marinha do Brasil, finalizou a apreensão de uma embarcação, em águas territoriais brasileiras, na costa do Estado de Pernambuco, carregada com 2.216,5 kg de cocaína.
Cinco tripulantes que estavam no barco carregado de cocaína na costa de Pernambuco são presos
De acordo informações da Polícia Federal, embarcação foi escoltada até Recife pela PF e pela Marinha, estavam cinco homens que não tiveram as identidades reveladas, dois deles residem do distrito de Trancoso e os outros três do município de Alcobaça, presos e autuados em flagrante por tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico.
A polícia manteve os nomes dos envolvidos em sigilo para não atrapalhar as investigações.
Após a pesagem da droga, os presos foram conduzidos à sede da PF onde as medidas de polícia judiciária foram adotadas.
A ação contou com a participação do Centro de Análise e Operações Marítimas – Narcótico (MAOC – N), sediado em Lisboa/Portugal, da Drug Enforcement Administration (DEA/EUA) e da National Crime Agency (NCA/Reino Unido) reafirmando a importância das ações de cooperação policial internacional conduzidas pela Polícia Federal.
FONTE PRF
Errata/Erramos no titulo da matéria, ao invés de ”Alcobaça’ publicamos Acabaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Procuradoria propõe tornozeleira se Deputado incitador do golpe for solto

qui fev 18 , 2021
Do UOL, em São Paulo 17/02/2021 20h06Atualizada em 17/02/2021 20h18 A PGR (Procuradoria-Geral da República) propôs hoje ao STF (Supremo Tribunal Federal) uma série de medidas cautelares contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) caso sua prisão, determinada ontem pelo ministro Alexandre de Moraes, seja revogada. Entre as solicitações, estão o uso de tornozeleira eletrônica e distância das instalações do […]

CBN AO VIVO

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter