Ótica Itamaraju/João Vitor Martins recebe prêmio de melhor loja no segmento ótico

A imagem pode conter: 1 pessoa

Empresário João Vitor Martins recebeu a menção honrosa da população Itamarajuense como a ”Empresa que mais se destacou em 2020 no setor ótico.

O ano de 2021 começou com a live que indicou os melhores do ano passado em vários segmentos no município de Itamaraju. O Prêmio Imprensa Brasil completa 29 anos e é a mais importante comenda de reconhecimento aos profissionais, empresários e lojistas do Brasil. Fundado pelo multimídia Edmilson Ciriaco, o evento tem o reconhecimento da Academia Teixeirense de Letras-ATL e da grande mídia. Esse ano o evento será através de lives por conta da pandemia. A grande vencedora no setor ótico foi a Ótica Itamaraju localizada na Avenida José Anchieta. A ótica Itamaraju conta com uma equipe altamente qualificada e trabalha com as melhores e mais famosas marcas de óculos do Brasil além das armações que combinam com cada rosto.

A imagem pode conter: texto que diz "Ótica Itamaraju"

”São mais de 05 anos de Experiência no setor ótico. Pertencemos a geração de quem acredita que sempre pode mais! Queremos em 2021 continuar na sua preferencia como o melhor atendimento e a melhor Ótica da cidade. Conquistamos grandes Prêmios, tanto do mercado quanto do consumidor final. O mais importante é continuar conquistando você”  Disse :João Vitor Martins-Diretor

Nenhuma descrição de foto disponível.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Loja moderna na Avenida José Anchieta mostra força do empreendedorismo no setor ótico e ganha adesão da comunidade. Loja cheia e satisfação do cliente é a meta-Disse o proprietário João Vitor Martins

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

CURIOSIDADES SOBRE ÓPTICA

Óptica é a parte da Física responsável pelo estudo dos fenômenos associados à luz. Os fenômenos relacionados à Óptica são conhecidos desde a Antiguidade. Existem registros de que, em 2.283 a.C., já eram utilizados cristais de rocha para observar as estrelas. Na Idade Antiga, na Assíria, já havia a lente de cristal; e, na Grécia, utilizava-se a lente de vidro para obter fogo.

O grande salto no estudo da Óptica ocorreu no século XVI. Galileu Galilei apresentou o primeiro telescópio, em 1609, e Snell Descartes chegou à Lei da refração. O trabalho mais importante dessa época foi a medição da velocidade da luz. O valor encontrado foi c = 3,08. 1010 cm/s, obtido por Bradley, em 1728.

Outro importante nome para a evolução dos estudos sobre a Óptica foi o de Huygens, que, em 1678, apresentou a hipótese de que a luz seria uma onda. Isaac Newton também deixou suas contribuições na área, como a teoria da variação do índice de refração da luz pela variação da cor, que pode ser observada na dispersão da luz ao passar por um prisma.

Espalhamento da luz em um prisma
Espalhamento da luz em um prisma

O fato de se considerar apenas a natureza corpuscular da luz representou um atraso nos estudos da Óptica. Somente em 1801 que Young realizou a experiência da interferência da luz, explicando-a a partir da teoria ondulatória. Em seguida, por volta de 1815, Fresnell explicou a teoria da difração da luz também por meio da teoria ondulatória.

Outro cientista importante para o desenvolvimento dessa teoria foi Foucault, que descobriu que a velocidade da luz era maior no ar do que na água. Essa descoberta chocava-se com a teoria corpuscular, que afirmava que a velocidade da luz era maior na água que no ar. Foi de James Clerk Maxwell a principal evidência de que a luz comportava-se como uma onda eletromagnética, pois ele provou que a velocidade de propagação de uma onda eletromagnética no espaço era igual à velocidade de propagação da luz.

A teoria de que a luz comportava-se apenas como uma onda eletromagnética foi questionada no final do século XIX. Isso porque não era suficiente para explicar o efeito fotoelétrico. Einstein utilizou a teoria de Planck para mostrar que a luz era formada por “pequenos pacotes de energia”, os fótons. A partir dessa teoria, Arthur Compton demonstrou que, quando um fóton e um elétron colidem, ambos se comportam como matéria. A partir de então, a luz passou a ser considerada como onda e como partícula, dependendo do fenômeno estudado. Essa teoria é denominada de natureza dual da luz.

Os estudos de Óptica são divididos em duas partes:

1. Óptica geométrica: parte da Óptica que estuda a propagação da luz por meio dos raios de luz. Os fenômenos que essa área abrange são: propagação retilínea da luz, reflexão e refração da luz, espelhos e lentes;

2. Óptica física: estuda o comportamento ondulatório da luz. Os fenômenos estudados por essa área são: emissão, composição, absorção, polarização, interferência e difração da luz.

A Óptica é uma parte da Física que está muito presente no nosso dia a dia. Algumas de suas aplicações podem ser observadas, por exemplo:

  • Em instrumentos utilizados para corrigir defeitos visuais, como os óculos e as lentes;
  • Instrumentos para observação, como os microscópios, telescópios e lunetas;
  • Em câmeras fotográficas, filmadoras etc.;
  • Espelhos.

 

Por Mariane Mendes
​Graduada em Física

Nos estudos de Óptica, vemos como funcionam os diversos instrumentos ópticos presentes em nosso cotidiano
Nos estudos de Óptica, vemos como funcionam os diversos instrumentos ópticos presentes em nosso cotidiano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Morre seu Vadú da Cerâmica, uma lenda da nossa Itamaraju

seg jan 4 , 2021
Com a morte de grandes nomes nos últimos meses, Itamaraju se despede de mais uma figura importante que sai da vida e entra para a historia. Nos últimos meses registramos a morte de nomes conhecidos como; Dr. Ronaldo, Dr. Orlandino, Antônio José Rodrigues, Dona Linda mãe de Lucélia, Benevides e tantos outros. O Editor Chefe do portal A Tribuna Bahia, […]
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter