Militantes do MST realizaram encontro de brigadas em Prado

Ao som do mar e a luz do sol, militantes da brigada Joaquim Ribeiro do MST, realizaram entre os dias 26 e 27 de novembro, o 15º Encontro da Brigada com cerca de 60 trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra, oriundos das áreas de acampamentos e assentamento na Barraca 51, no município de Prado extremo sul baiano.

O encontro foi um momento gratificante para militância para debater a atual conjuntura política, a produção e agroecologia, as ofensivas contra os movimentos sociais e os desafios organizativos colocados à classe trabalhadora para o próximo período.

Neste sentido, o encontro também denunciou o processo de criminalização dos movimentos sociais e organizações populares, a partir das perseguições políticas que MST vem sofrendo em todo país. A exemplo o despejo das famílias do Norte da Bahia.

Ao projetar o olhar para o cenário nacional, Paulo Cesar de Sousa (PC), da direção do MST, fez uma retrospectiva do processo político governamental em nosso país, desde a ditadura militar até os dias atuais.
Cada período histórico é determinante para compreender o momento histórico que estamos vivendo, com perseguição acirrada na criminalização dos movimentos populares em especial o MST, explicar Sousa.

Estes elementos estão presentes nas análises e estudo propostos para encontro, contou com a participação marcante da juventude e das mulheres.

Next Post

PT de Porto Seguro emite nota de esclarecimento sobre filiação de Lívia Bittencourt/veja

seg dez 2 , 2019
NOTA DE ESCLARECIMENTO O Presidente do PT Partido dos Trabalhadores de Porto Seguro, vem por meio desse veículo de Comunicação A Tribuna, esclarecer, principalmente para os filiados do referido Partido e a todos que que tiveram acesso a matéria que circulou nesse mesmo veículo, ontem dia 29/11/2019, que: O Diretório do PT (Partido dos Trabalhadores) em reunião ontem, sexta-feira,29 novembro, […]
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter