Veja tudo/ MST reage e fecha rodovias em toda Bahia contra despejo violento

Fechamento de estradas federais e  rodovias em resposta ao despejo violento realizado no perímetro irrigado no Norte da Bahia

ACONTECEU

 

Cerca de 250 trabalhadoras e trabalhadores Sem Terra, paralisaram a BR 101 Km 696 em Frente ao Pré-
Assentamento Paulo Kageyama no Município de Eunápolis na manhã desta terça-feira(26)

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas em pé, céu, atividades ao ar livre e natureza

As manifestações realizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) do Estado da Bahia ocorreu nas primeiras horas do dia realizando diversos trancamento de rodovias em protesto contra a reintegração de posse nos Municípios de Casa Nova e Juazeiro,ocorrido na manha de segunda-feira,(25).

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, multidão, montanha, céu, atividades ao ar livre e natureza

Assentados ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), interditaram ainda a rodovia no acesso ao Assentamento Antônio Araújo “Araujão”, próximo à divisa entre os municípios de Prado e Itamaraju. Houve queima de pneus e galhos de árvores e a pista ficou parada nos dois sentidos.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, multidão e atividades ao ar livre
Um dos mais importantes movimentos sociais da América Latina ganha força nos meios intelectuais em defesa dos trabalhadores rurais sem a terra na defesa de suas ocupações.

Segundo Maristela Cunha, da direção regional do MST, a interdição, a exemplo de outros pontos da Bahia, foi a maneira encontrada pelo movimento para protestar contra o despejo de 700 famílias que estavam acampadas na região do Salitre baiano, entre os municípios de Casa Nova e Juazeiro. Maristela Cunha que é uma das mais importantes lideranças de campo, disse que; ”além do enfrentamento pelo direito à reforma agrária, os sem terra estão mobilizados e protestando contra a violência policial durante a expulsão dos acampados.

Ainda de acordo Maristela Cunha a interdição foi programada apenas para o período da manhã, mas não estão descartadas outras paralisações.

Resultado de imagem para MARISTELA CUNHA MST
” enfrentamos outros governos tiranos e não é esse atual que vai nos tirar o direito de luta pela terra”,-Seremos resistência sempre a esse governo burguês e truculento” concluiu Maristela Cunha em manifestação realizada na BR 101 em Itamaraju

” enfrentamos outros governos tiranos e não é esse atual que vai nos tirar o direito de luta pela terra”, falou Maristela

Os fechamentos de rodovias foi uma resposta ao despejo violento realizado de maneira conjunta pela Polícia Federal, Polícia Militar e grupo de pistoleiros aos Acampamentos Abril Vermelho, Irmã Dorathy e Iranir de Souza, no Norte da Bahia, próximos a cidade de Juazeiro. Os despejos foram com muita repressão e jogou na rua mais de 700 famílias que perderam tudo e que viviam no local desde 2007.

A imagem pode conter: fogo e atividades ao ar livre

A ação da justiça e a truculência da Policia Federal no despejo em Casa Nova e Juazeiro desencadeou vários protestos na manha de terça-feira, 26, em todo estado da Bahia por parte do MST

A assessoria de comunicação do MST divulgou em redes sociais:

”A extrema direita avança contra os trabalhadores do campo com métodos cada vez mais violentos, querem aplicar a GLO para desocupações de terras e federalizar as reintegrações de posse.

Resultado de imagem para MARISTELA CUNHA MST
MST mobilizou trabalhadores e interditou a entrada em vários municípios da Bahia, uma resposta a desocupação violenta em Casa Nova e Juazeiro

Esse é o método para derrotar o governo Bolsonaro e dar um fim na ofensiva da extrema direita no Brasil. Colocar o povo na rua para enfrentar a direita e derrotar a direita fascista e golpista que quer implantar uma ditadura contra os trabalhadores no Brasil.-Disse uma militante.A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre
Nas primeiras horas da desocupação, a reportagem A TRIBUNA teve exclusividade nas informações. Houve relato que policiais Federais jogaram bomba de gás, spray de pimenta e atiraram contra os trabalhadores e algumas pessoas ficaram feridas,entre elas, crianças.Casas, Escolas, igreja e toda plantação foi destruída impiedosamente por maquinas e policiais.

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
O desfecho da sentença de despejo ocorreu ma madrugada do dia 25 de novembro de 2019, de forma truculenta e violenta, sem levar em consideração a presença das mulheres, crianças e idosos. Vários trabalhadores ficaram feridos e desaparecidos, inclusive crianças. disse em nota o MST em carta enviada a redação A Tribuna Bahia por Evanildo Costa.
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Crianças feridas e despejadas de seus acampamentos clamam por solidadriedade e resistem as sanções impostas pelo sistema
A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Evanildo Costa, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre
Em visita e acompanhando a situação das 700 famílias retiradas das suas casas o Líder Estadual do MST, Evanildo Costa publicou em uma conta social na internet:

”A situação agora das famílias aqui, não tem como não se emocionar e se indignar, é um ato desumano, cruel e depõe contra a vida de quem mais precisa e luta para produzir o seu sustento”Disse Evanildo Costa

A imagem pode conter: 3 pessoas, criança, atividades ao ar livre e natureza
Em meio ao que restou das sua casas e moveis, crianças, sob as lentes de Evanildo Costa, brincam sem noção da força dos poderosos contra aos excluídos socialmente.

Registros: Izélia , Elenildo Gomes, Evanildo Costa e Maristela Cunha
A Tribuna Bahia/Edmilson Ciriaco

Next Post

Caravelas: Segunda Baleia morre encalhada nas praias do Sul da Bahia

qui nov 28 , 2019
O animal estava com ferimento na calda. Se debateu para sair do local de encalhe, próximo à Praia do Grauçá, na Barra de Caravelas.  Banhistas e pescadores tentaram empurrar a baleia para dentro do mar, sem sucesso, porque a maré estava baixando, o que dificultou a operação, durante mais de uma hora, na manhã desta quarta-feira, dia 27. Foi visto […]
RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter