MST mobilizou milhares de pessoas na Greve Geral contra Reforma Previdenciaria na região

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, chapéu e atividades ao ar livre

Por: Edmilson Ciriaco/ A Tribuna Bahia-Itamaraju

Milhares de pessoas foram as ruas nesta sexta-feira, 14/06 de 2019, em protestos que fazem parte da Greve Geral convocada por Centrais Sindicais, Movimentos Sociais e Movimento estudantil. Foram registrados  manifestações em Salvador e em todas regiões Bahia e em 22 estados da Republica

A imagem pode conter: 5 pessoas, multidão e atividades ao ar livre

.Porto Seguro

A imagem pode conter: 1 pessoa, carro e atividades ao ar livre

No extremo sul, a rodovia BR-101 foi fechada em Teixeira de Freitas, Itamaraju, Itabela e Itagimirim e os protestos se estenderam a Porto Seguro com registro de obstrução da BR 367 e e Avenida Adno Musser e o Trevo do Cabral, principal entrada para a cidade Baixa.

A imagem pode conter: 9 pessoas, atividades ao ar livre e close-up

 

Na Foto: Everaldo Araújo e representante das aldeias de Porto Seguro e Cabralia
''Somos contra a reforma da Previdência, contra o corte nos recursos das universidades, que também afetou a Universidade Federal do Sul da Bahia aqui em Porto Seguro. Vamos voltar as ruas quantas vezes for necessário'' Disse o sindicalista Everaldo Araújo- 
A imagem pode conter: texto

Neste dia 14 de Junho,  o MST -Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto, na regional Extremo Sul, aderiu a greve geral e intensificou mobilizações e manifestações em toda região com fechamento de BRs, panfletagens, atos contra*a reforma da previdência e trabalhista, cortes de verba na educação e despejos das famílias.
Itamaraju

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas andando, pessoas em pé, multidão, céu e atividades ao ar livre

Foto: Luiz Fernando Apollo Ciriaco/ A Tribuna Bahia-Itamaraju

Em Itamaraju manifestantes interditaram a BR 101 e centenas de lideres sindicais, indígenas, estudantes e Movimento dos Sem Terra com a presença do Dirigente Paulo Cesar-PC, circularam pelas ruas centrais com palavras de ordem pela educação, contra a reforma da previdência e Lula Livre.

A Reportagem do portal A Tribuna Bahia entrevistou em uma das manifestações, o Dirigente Estadual do MST Paulo Cesar-PC:

A imagem pode conter: 7 pessoas, incluindo Raniere Botelho, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Na Foto: Paulo Cesar-PC- Dirigente Estadual do MST e Ranieri Botelho-Presidente do PT de Itamaraju/ Foto; Foto: Edmilson Ciriacco/ A Tribuna Bahia 

''Depois de uma certa idade, tivemos que voltar as ruas, as praças para defender os aposentados, a classe educadora , os estudantes e as universidades. Nunca imaginei que tudo que conquistamos e construímos durante essas duas décadas fossem destruídos  em apenas seis meses. Vamos voltar as ruas, com chuva, ou sem chuva para garantir a conquista dos nossos diretos por justiça e igualdade social'' Disse PC

Salvador

As principais vias que dão acesso a Salvador ficaram congestionadas. Na região da Rótula do Abacaxi e Acesso Norte os manifestantes bloquearam o acesso por volta das 7h.

Teixeira de Freitas

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Os manifestantes, em sua maioria sindicalistas e integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciaram a interdição da BR-101, próximo ao trevo de acesso à cidade, por volta das 7h  e foi até ás 11:30.

Na região interdições ainda foram montadas na rodovia BR-367, entre Eunápolis a Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

 
Acessos da BR 101 foram interditados durante toda manhã desta sexta-feira 14/06 na região extremo sul

As principais Cidades brasileiras registram protestos e paralisações em serviços públicos. Trabalhadores cruzaram os braços contra os cortes do governo na educação e a reforma da Previdência. O Portal A Tribuna Bahia continua acompanhando os números da Greve Geral em todo país e atualiza a qualquer momento

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *