Caso Elen Laís: Atirador se apresenta em Itamaraju

A jovem Elen Laís Tavare de 19 anos foi morta a tiros na madrugada de sábado, 25, na cidade de Jucuruçu. De acordo com informações da polícia, o principal suspeito de cometer o crime é o companheiro da vítima a  apresentou-se à Polícia Civil, durante a manhã desta quarta-feira (29), acompanhado de um advogado. Morenilton Ferreira Costa em companhia de seu advogado  prestou depoimento à equipe da delegada Rosângela Santos.  O acusado foi liberado em seguida com fortes protestos de parentes e amigos da vitima. O Crime aconteceu por volta de 1h da madrugada, em um campo de futebol que fica em frente à casa dela, no distrito de Monte Azul. Não há informações sobre a motivação do crime. Mas segundo o acusado, a arma teria disparado acidentalmente.

Segundo populares, o suspeito do crime estava aguardando ela chegar, quando cometeu o crime. Elen havia saído sem informar o destino e na volta encontrou a morte 

Elen morreu no local, e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itamaraju.

A Policia informou que  Morenilton já tinha passagem pela polícia por violência doméstica, contra a companheira anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *